O universo feminino a descoberto...

25
Abr 09

 

 

 

 

 "Seduzir é sinônimo de encantar, atraír, fascinar e consiste em algo que não depende apenas de beleza, tipo físico, ou mesmo da idade.

 A mulher sexy é aquela que se ama, e se assume do como ela é, que passa o seu amor próprio com muita segurança para todas as pessoas à sua volta e sempre é a vitoriosa na arte da conquista e da sedução.
Ser sexy é: "Sentir orgulho de você mesma, perceber que está aumentando o seu círculo de amizades e que a cada dia que passa a sua vida fica mais excitante, isso deve motivá-la a investir mais fundo no seu estilo. Aceitando riscos e maximizando suas qualidades, você se tornará naquela mulher irresistível que entretém e fascina todos que a cercam".

 Construa a sua personalidade: sua mente é o seu melhor recurso, que pode se aperfeiçoar com o uso. E se você quer tomar conta de sua própria vida, você tem que acreditar nela.

Como ponto inicial, reconheça que você é uma pessoa que tem muito valor. Você não precisa de ninguém, quer seja um homem ou um terapeuta qualquer, para reconhecer o seu valor próprio. E nunca deixe que ninguém a contradiga.

Contudo, sua auto-estima não dispensa explicações. Não espere o mundo inteiro, especialmente os homens, reconheçam, o quanto você é maravilhosa, pelo menos sem um pouco ou total indução da sua parte.

Lembre-se, que você é uma mulher, que tem e pode ter tudo que você quer e deseja, pois isso só depende de você.
Você não precisa mudar sua personalidade. (...) É muito importante que você seja você mesma, mas da sua melhor forma. Você pode ser maravilhosa, mas mesmo você pode se beneficiar do seu próprio aperfeiçoamento.
Essa atitude de amar a si mesma deve estar presente em todos os aspectos de sua vida.
Para transmitir beleza e sensualidade, você precisa, antes, sentir-se bonita e sensual. São poucas as pessoas que têm um corpo ou rosto perfeito e mesmo assim, isso não é sinal de que elas sejam sexy e femininas ou boas de cama. O nosso homem também não é perfeito! Aliás, o que é a perfeição? Será que é o que a TV e as Revistas mostram?
Pare e pense: Perfeição é aquilo que Deus lhe deu, é você em relação a sua própria personalidade, é você se gostar e se assumir.

Só você, pode suprir suas necessidades, quaisquer que sejam, ninguém está dentro de você para preencher essas carências do jeitinho que você quer. O outro é o outro e você é você.

 

 

 

 

Lembre-se: O grande sucesso no amor e nos relacionamentos é dar a você mesma aquilo que você quer que os outros lhe dêem.
Nunca se ache gorda ou magra demais, pois existem muitas pessoas que fazem sucesso e são muito sensuais por serem assim. São dotadas de muita sensualidade, carisma e o mais importante  - auto-estima. Todas essas pessoas que se gostam, fizeram de seus tipos físicos algo sensual, interessante, envolvente e irresistivelmente atraente, através da auto-estima. Mas não são só estas pessoas que tem este dom de ser sexy, pois ser sexy e feminina é uma questão de força de vontade.
Toda vez que você se compara com alguém, você esta perdendo. Com toda a certeza você estará sendo muito cruel com você mesma. Você acha que precisa ser igual a todos os modelos de beleza que a Tv e as revistas mostram, para que você possa se aceitar, não é mesmo?

Esse modelo imposto pela mídia é uma ilusão que vive se chocando com o real, com o que somos de verdade.

(...)
Não existe um ideal de beleza, nem nunca existiu.
Por isso que você tem que se aceitar, isto é: Olhar-se sem julgamento, sem críticas e entender que você é maravilhosa e especial.
Nunca se esqueça que você é como um imã que atrai tudo para você:
- Se você estiver bem, coisas boas ficarão ao seu lado.
- Se você estiver mal, coisas ruins ficarão ao seu lado.


Você é uma Mulher Perfeita, que está se descobrindo e se percebendo. Você tem sentimentos, emoções, desejos e sonhos que serão concretizados.
Por isso você jamais pode se sentir feia, porque você irá passar essa sensação para todos que estiverem à sua volta.
Então se sinta bela para transmitir esta sensação para as pessoas o.k.?
Se ache linda, divina e maravilhosa, pois se você não achar isso ninguém mais vai achar nem mesmo o seu próprio amor.
(...)


Então levante a cabeça e vamos a luta nesta viagem maravilhosa para o mundo da Sensualidade.
Se você se sente feia, ou cheia de defeitos, lembre-se sempre disso antes de pensar assim:
"BELEZA É, ANTES DE TUDO UMA QUESTÃO DE PERSONALIDADE. QUANDO VOCÊ SE ASSUME E PASSA A VER SUAS DIFERENÇAS COMO PARTE DA SUA PERSONALIDADE, O MUNDO TAMBÉM OLHA DE UM JEITO DIFERENTE PARA VOCÊ".
 
Por: Andréa Menezes
 
 
________________

 

Bem, acho que estava mesmo a precisar de uma "lavagem" destas.

Por vezes as mulheres são um pouco parvas, mas os homens não lhes ficam atrás.

Homens, valorizem as vossas mulheres por aquilo que elas são e não por aquilo que elas puderiam vir a ser. Dizer "estás muito bonita hoje" ou simplesmente "és linda", não dói nada, ouviram???? (Um "tás tão boa" tb n cai nd mal..loooooooool).

 

Mulheres, valorizem aquilo que têm de bom, que com certeza não é pouco!Peito para fora e barriga para dentro...and...damn, I'm soooooooo good!

 

_____________________________

 

Tânia

elasequesabem às 18:09
elas sentem-se: recuperando...

13
Mar 09

É inevitável...sempre que vamos almoçar a cantina dá sempre no mesmo!

Lá vem o "sexo" à baila!

Qualquer conversa acaba nisso...e depois dura, dura, duuuura....até à hora da aula.

Não falamos dos nossos pormenores intímos, é claro! Mas abordamos questões muito interessantes (não é só javardice ). Eu e a Bárbara somos sempre os elementos mais activos...pudera...também somos mais "abertas" e não temos tabus nesta questão.

Achei, então, por bem, fazer todas as semanas uma crónica sobre os assuntos debatidos na nossa "Tertúlia da Cantina".

 

 

De entre os muitos temas, hoje vou falar do sexo na 3ª idade.

 

Uma colega nossa contou-nos que viu um vídeo de um casal muito idoso a fazer sexo.

Para ele foi um misto de espanto e ao mesmo tempo de nojo (é que consta que o vídeo tinha muito pormenor...).

Eu tenho de confessar que adoro ver os velhinhos de mão dada, a dar beijinhos, a falarem com carinho...agora cenas de sexo...

Uma coisa é certa: muitas vezes as pessoas em geral têm a ideia que os idosos já não fazem "essas coisas". É praticamente impossível na nossa mente imaginar dois septuagenários com uma vida sexual activa.

Na minha opinião , temos uma ideia mal formada em relação ao assunto. É perfeitamente natural que a frequência das relações sexuais vá diminuindo e que, a saúde e as forças vão faltando, mas ninguém está morto!

A facilidade já não é a mesma mas tudo o que se consiga fazer deve saber pela vida! hihihi

 

 

Sinceramente acho que se nota quais são os casais que têm uma vida sexual satisfatória e os que ...coitados.

Acho que se nota imenso nas senhoras mais velhas aquelas que são felizes! Então a pele não engana! loooooooooool

Como diz uma pessoa que eu conheço "quando eu chegar a velha hei-de ter uma pele magnífica, radiante!!!"

 

Eu até julgo que aqueles casais que são mais felizes no sexo, até chegam a velhos com menos doenças...afinal sexo também exercício físico!

E o humor? ui...vê se logo...

Quando o patrão anda mal humorado, o vizinho, o senhor da mercearia, o condutor do autocarro ou até mesmo o/a professor(a), o que é que se diz???

 

"Anda com falta de sexo"

 

_____________________________

 

Tânia

 

 

elasequesabem às 14:52
elas sentem-se: a aparvalhar

27
Fev 09

Dando continuação ao post anterior da Bárbara, vou falar também de falta de informação.

 

Infelizmente, a ignorância dos adolescentes em relação ao seu próprio corpo ainda é um drama, especialmente no que toca a relações sexuais. No entanto, hoje em dia, a maior parte dos jovens já possui alguns meios ao seu dispôr para procurar informação, tais como a internet.

Já no tempo dos nossos avós era bem mais complicado. De sexo nem se falava, mas as mães, de forma geral, esclareciam as meninas aquando da primeira menstruação. Podiam não saber bem o porquê da mestruação mas davam uma explicação mais ou menos coerente e lógica.

No entanto, não são poucas as histórias que a minha avó me conta, de raparigas do tempo dela, que saíam à rua aos gritos quando se deparavam com o período.

Mas a melhor história de todas é a da raposa. Quando a minha colega me contou parti-me a rir.

Imagem vocês, que a avó da minha colega acordou um lindo dia e, viu aquele "sangue". Ficou em pânico. Falou com a mãe. Sabem o que a mãe lhe disse?

 

 

Que tinha sido uma raposa que tinha ido lá escavar durante a noite.

E que a tal raposa, a partir desse dia, iria aparecer mais vezes.

 

Conclusão: A pobre senhora passou noites em claro com medo que a raposa aparece para a atacar!!!

 

Há cada uma...

________________________________

 

Tânia

elasequesabem às 23:15
elas sentem-se: tá bem tá

26
Fev 09

Acabo de ver o ‘Aqui e Agora’, um programa da SIC, onde o tema de discussão foi a educação sexual nas escolas.

 

Eu sou completamente a favor!

 

Passo a justificar-me:

 

- Sabe-se que os rapazes na adolescência procuram e conhecem prazer sexual mais sedo pela exploração instintiva do corpo e pelo recurso à pornografia.

 

As raparigas ficam em desvantagem devido ao seu desconhecimento.

 

Muitas têm a sua primeira relação sexual para pura satisfação do parceiro, sem saberem que elas também tem direito a essa mesma satisfação. Desconhecem o seu corpo e o que é realmente uma relação sexual.

 

- Por outro lado, fala-se muito das DST (doenças sexualmente transmissíveis) mas não se diz nada! Porque é que se transmite? Como exactamente?

 

Duvido que estas adolescentes que começam agora a explorar a sua sexualidade saibam que o risco de contracção do cancro do colo do útero aumenta com o número crescente de parceiros sexuais. Talvez este facto as tornasse mais apreensivas a terem relações sexuais prematuramente.

 

Aliás, na minha opinião, a prematuridade da vida sexual deve-se maioritariamente, se não quase exclusivamente, ao desconhecimento que têm do que é a relação sexual.

 

 

- Assim, mais conhecimento sexual, menos gravidez na adolescência. E também menos casos de violência no namoro. Pois, perceber este mundo, seria evitar que tantas jovens se submetessem a torturas ridículas que consideram que o amor é mesmo assim.

 

 

- Esta disciplina também possibilitaria o aumento do respeito pela orientação sexual. Mais uma vez, conhecer é perceber e compreender, e assim também é respeitar.

- E ainda o facto de aumentar a capacidade de defesa perante violações sexuais.

 

 

Gostaria que um dia, os meus filhos tivessem acesso a esta educação.

Os pais não são os únicos educadores.

E todos sabemos que este é um tema muito mais facilmente abordado junto de pessoas desconhecidas.

 

Defendo a aplicação da educação sexual nas escolas acima de tudo por ser mulher e ter observado inúmeros casos de jovens raparigas que se soubessem o que se calhar eu hoje sei porque descobri sozinha, não cometeriam metade dos seus ‘erros’.

 

Eu preferia ter tido acesso a uma educação sexual esclarecedora!

___________________________________________

Bárbara Ferreira

 

elasequesabem às 22:07
elas sentem-se: Reivindicativa

23
Fev 09

A fórmula química que estimula o cérebro

Esqueça as palavras cruzadas, o Sudoku ou os jogos de computador. Se quer estimular o cérebro, coma chocolate preto, faça bastante sexo, beba café moderadamente e consuma alimentos frios ao pequeno-almoço. Também é melhor que não passe muito tempo com quem só sabe reclamar da vida e ainda não fume marijuana, não veja telenovelas e não consuma muito álcool e carnes vermelhas. Será na conjugação destes elementos que surgirá a fórmula química para treinar e impulsionar a capacidade cerebral. A tese é defendida no livro “Teaching Yourself: Training Your Brain” (Ensine a você mesmo: treine o seu cérebro), que será publicado em Janeiro na Grã-Bretanha e que posteriormente será lançado noutros países.

 

 

Na obra, os autores Terry Horne e Simon Wootin analisam como a dieta, o ambiente e o stress afectam a capacidade mental das pessoas. Grande parte das sugestões feitas no livro baseiam-se no efeito provocado por certas substâncias químicas, quando são libertadas no organismo a partir de determinadas actividades, tais como comer chocolate, beber café ou fazer sexo.

 

 

De acordo com a obra, a penetração durante o acto sexual aumenta os níveis de oxitocina, que estimula o cérebro a pensar em novas idéias e soluções para problemas, enquanto que o pós-coito aumenta a quantidade de serotonina, estimulando a criatividade e o pensamento lógico. No que se refere à comida, os autores acreditam que ingredientes encontrados no chocolate amargo, como magnésio e antioxidantes, aumentam a oxigenação cerebral. E comer alimentos frios, ovos ou peixes ao pequeno almoço, como é usual na Escandinávia, também dá mais energia e facilita a absorção de nutrientes pelo organismo.

 

 

«Durante décadas, pensámos que a capacidade do cérebro é geneticamente determinada, mas agora ficou claro que é uma questão de estilo de vida», explica Terry Horne, autor do livro. Os autores aconselham os leitores a seguirem um “conceito de vida” chamado BLISS (prazer corporal, alegria, envolvimento, satisfação e sexo, na sigla em inglês) para aumentar o desempenho mental. E, claro, evitar certas situações: «Relacione-se com pessoas que o façam rir. Evite as pessoas que reclamam demais, porque elas podem deixá-lo deprimido»”, aconselha Hornes, que ainda defende a baixa ingestão de álcool e de carnes vermelhas, o não ver telenovelas e não fumar marijuana.

Ainda na lista das actividades para estimular a “massa cinzenta”, os autores defendem que as crianças devem fazer os trabalhos de casa acompanhadas pelos colegas ou pelos pais e que, desde cedo, as crianças sigam uma dieta baixa em gordura, rica em bróculos, peixes com ômega 3, pães e massas integrais.

 

Fonte: BBC

__________

 

Bem, apetecia-me tecer agora alguns comentários mas vou guardá-los para mim...

 

______________________________________

 

Tânia

elasequesabem às 22:43
elas sentem-se: santinha

16
Fev 09

Let's talk about sex.

 

(Como a Bárbara tá de férias, vou aproveitar para disparatar o mais possível na ausência dela. )

O blog tem andado um pouco paradito e eu acho que não há nada melhor para animar do que sexo.

Como toda a gente sabe, é bem típico de casais que já estão juntos há algum tempo haver queixas, de ambas as partes, sobre a monotonia em que entraram as relações sexuais.  A meu ver é bem normal que as coisas acabem por se tornar um pouco rotineiras. O que eu acho inadmissível é atirar as culpas para cima do outro. É porque "ela está sempre cansada", ou é porque "ele não faz nada para mudar", é por tudo e é por nada.

Para mim tudo se resume a um pouco de imaginação e a um esforço mútuo. Não adianta um querer muito se o outro não quiser nada. Manter uma relação feliz não é fácil mas vale muito a pena.

 

E, sem grandes hipocrisias, podemos afirmar que se o sexo não está bem, o resto também acaba por não estar. Então para os homens é quase o centro do mundo!

E se é assim tão importante, porque não nos dedicamos mais a pensar e sobretudo a agir?

Pensem sobre isso.

No que toca a apimentar o sexo, considero que se a maior parte das vezes as mulheres têm uma perspectiva errada do assunto. Somos induzidas a gastar uns bons trocos em lingerie sexy pois achamos que isso vai fazer milagres, mas na verdade não é bem assim.

Muitos homens não ligam absolutamente nada à roupa interior; apenas corre melhor porque nós nos sentimos mais seguras e mais sensuais com uma lingerie nova. É psicológico.

E o sexo muito mais que físico, é sobretudo psicológico. Por isso é que certos joguinhos e fantasias nos dão tanto prazer. E é também por isso que quando andamos deprimidos e tristes nada corre bem.

Dentro destes jogos psicológicos, o que pode ser interessante é encarnar certas personagens, jogar ao faz-de-conta. Num blog que costumo visitar - "O interno feminino" -, davam a sugestão do casal se encontrar num bar e fazerem de conta que não se conhecem e depois acabarem na cama. Muito sinceramente, isso para mim não dava. Quando visse o meu namorado no bar ia me desmanchar a rir, não sou grande actriz. Mas isso sou eu, se calhar até é uma coisa engraçada para se experimentar.

E como isso há muito mais, é só preciso ter ideias. Fazer em sítios diferentes, experimentar "coisas" novas e correr alguns riscos, ou seja, ter espírito aventureiro.

 

Isto porque há muita gente maluca por fazer sexo em sítios públicos, é a "pica" de correr o risco de ser apanhado. Ainda há aqueles que gostariam mesmo de estar a ser vistos. Há de tudo...interessa mesmo é conhecer bem os gostos da outra pessoa e que ela conheça bem os nossos e o resto...é só ter a mente aberta! Como diz uma colega minha "não se pode morrer na ignorância!"

 

Afinal o que interessa mesmo é ser feliz e fazer o nosso parceiro feliz. Ser egoísta não traz felicidade a ninguém!!!

 

 E não se esqueçam do provérbio alemão: "Fantasy fehlt es mich nie!"

elasequesabem às 15:15
elas sentem-se:

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


subscrever feeds
Frase do dia
"A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova." Léon Tolstoi
mais sobre Elas
pesquisar
 
visitas d'elas por dia
Horse Racing Tips
Horse Racing Tips
visitas d'elas por click
Logo - Company Logos By LogoGuru.co.uk
Logo
blogs SAPO