O universo feminino a descoberto...

01
Jun 09

Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

Universidade do Minho

 

Andava eu atarefada a trabalhar na divulgação das jornadas do nosso curso, quando vi no chão no chão um papelinho. Pensei que fosse meu pois andava carregada com coisas e provavelmente, no meio de tanta papelada, aquele puderia ter "fugido".

 

Baixei-me e apanhei-o.

 

"Hoje apeteceu-me escrever algo. Não sei muito bem o que as minhas palavras são. Interrogo-me muitas vezes sobre a grandeza delas. Serão elas suficientes para tamanho sentimento? Serão elas capazes de te fazer sentir o que és para mim? Por vezes fico com a sensação que não! Por mais que te diga o que quer que seja nada será suficiente para te transmitir o que sinto.

Palavras incertas

Sentimento real

Amor partilhado

Cumplicidade leal"

 

Ilustre desconhecido(a), como te percebo!

As palavras leva-as o vento... São fracas, vãs, mil vezes inferiores a todo e qualquer sentimento. No entanto são o melhor que temos...

 

Obrigada pelo momento de reflexão :)

 

____________________

 

Tânia

elasequesabem às 16:15
elas sentem-se: coiso

24
Mai 09

Talvez só agora me tenha apercebido realmente da dimensão do que significa ser finalista.

Dou por mim, neste momento, não só no último ano de licenciatura, como também no último semestre, e no último mês!

A recta final de um trajecto tão intenso quanto feliz.

Penso que nunca dei, no momento, tanto valor ao que passei e, só ao recordar, me dou conta do valor que tudo isto possui.

Era capaz de adicionar aqui centenas de fotografias dos mais variados momentos que desenham o meu percurso na Universidade do Minho. Eu vejo-as, recordo os momentos e caio numa nostalgia de saudade que ainda vai chegar.

Estou naquele momento que me apetece abraçar todos aqueles que mais me marcaram, com toda a força que tiver. Queria ver-vos a retribuir aquele sorriso que acompanha as nossas memórias.

Sinto-me velhinha, capaz de viver até ao meu fim de recordações.

Foram 4 anos… os meus melhores 4 anos de toda a minha vida. Orgulho-me de todas as pessoas que fazem parte deste belo pedaço da minha vida.

Eram capaz de nomear milhares de nomes… Arménio, Xu, Raquel, Clara, Joana, Erick, Barreto, Jaime, Lázaro, Coruja,… e as minhas muito adoradas Tânia e Elisabete…

Desde ensino básico a comunicação social,

desde caloiros a doutores,

desde recepções ao Caloiro a Enterros da gata,

 desde os almoços na cantina a jantares,

desde a mini custar 0.30€ aos 0.55€,

desde a arrogância à simpatia,

desde o medo às certezas,

desde 10 ao 17 valores,

desde os meus 18 anos aos 22.

 

Foi bom demais.

Aqui, na Universidade do Minho, eu fui feliz!

__________________

Bárbara Ferreira

elasequesabem às 17:38
elas sentem-se: nostalgica
elas ouvem: Marcelo D2 - Desabafo

29
Mar 09

Mudar, é urgente mudar.

Conscientemente ou não mudamos constantemente.

Mudanças mais radicais, mudanças mais ligeiras....estagnar é impossível.

Engana-se quem pensa que as rotinas meticulosamente seguidas impedem a mudança.

Crescer dói...a fase do casulo é dolorosa. A dor de quem quer brilhar no futuro mas não quer abandonar o presente.

Resiste-se, resiste-se até que algo mais forte nos obriga. Há que mudar.

 

 

E muda-se. Tudo se transforma...

E mais do que nunca se reconhece essa necessidade de virar o nosso mundo de pernas para o ar.

Depois da metamorfose vem o esplendor. Afinal, só se aprecia o que é doce depois de se conhecer o gosto do amargo.

Assim será comigo, assim tudo mudará. Por dentro e por fora. Atitudes e comportamentos. Porque as mudanças exteriores são importantes mas são apenas isso - exteriores.

Ficarão os fragmentos de luz e o resto partirá.

Digo adeus a mim mesma...voltarei a ver-me num novo formato...

 

Afinal, eu que pensava que era uma lagartinha linda, descobri que posso ser uma borboleta maravilhosa! :)

elasequesabem às 23:26
elas sentem-se: decidida

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Frase do dia
"A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova." Léon Tolstoi
mais sobre Elas
pesquisar
 
blogs SAPO