O universo feminino a descoberto...

30
Jan 09

Até onde levamos a sério o que dizem de nós?

Até onde somos capazes de suportar uma crítica?

Até onde queremos saber o que dizem?

Até onde acreditamos?

Até onde somos fortes?

Até onde somos capazes de seguir em frente?

O orgulho dever ser mantido ou posto de lado?

Apenas não digam o que não se é suposto saber.

As minhas costas ficam atrás de mim, e não passo a vida a olhar para elas através do espelho, nem sei se quero voltar a faze-lo.

 

elasequesabem às 17:50
elas sentem-se:

29
Jan 09

Os tempos mudam, tudo evolui. Evolui toda a tecnologia e com ela as mentalidades.

 

Há 50 anos nasceu, ou como dizem, acordou a Bela Adormecida.

 

 

 

Embora com todas estas modificações sociais, esta continua a ser uma história de todas as gerações

.

É como que precisássemos de ver este desenho animado clássico para conseguirmos entender todos os desenhos animados da actualidade.

 

E quem consegue não gostar desta história?

 

Porque no fundo, todas as mulheres são belas adormecidas à espera de serem acordadas pelo seu príncipe encantado para uma vida perfeita.

 

Ficção ou não, esta história já encanta há 50 longos anos.

Parabéns Sleeping Beauty

aqui fica um bocadinho desta história

 

A mim o príncipe encantado já me acordou

 

_______________________________

Bárbara Ferreira

 

 

elasequesabem às 15:45
elas sentem-se: apaixonadas

28
Jan 09

Todos passamos pela adolescência. Mais tarde ou mais cedo passamos pela chamada idade da ‘ parvalheira’ ou do ‘armário’. Talvez a fase mais confusa e estranha das nossas vidas. Começamos a deixar de ser crianças, mas ainda estamos muito longe de ser adultos. Não há fase melhor para fazer as piores asneiras, porque o facto de sermos adolescentes é desculpa para tal. E aprender é mesmo ai nessa fase, ou nunca deixamos de ser crianças.

Existe a teoria de que as meninas desenvolvem mais cedo que os rapazes, no sentido que crescem, amadurecem mais rápido. Se é verdade ou não, não faço ideia. Mas como mulher, sinto-me quase no dever de defender esse facto. A verdade é que o nosso desenvolvimento deve-se mais á educação e ao meio envolvente de que a qualquer outra coisa.

As meninas tendem a despertar paixões mais rápido e regularmente. E digo regularmente porque a definição de paixão é tão confusa como a adolescência assim exige. E a paixão pode variar numa questão de dias, para não falar em horas.

Ao contrário de muita gente, eu não relembro essa fase do meu crescimento como a melhor. Foi importante, mas regressar lá era um pesadelo.

O corpo muda a uma velocidade assustadora. E essa mudança não nos deixa ser estáveis, nem sequer no nosso visual que é a coisa mais importante das nossas vidas naquelas dias.

Das coisas mais engraçadas da idade são as revistas de adolescentes, que traduzem tão bem as formas de pensar e agir.

Numa brevíssima pesquisa online descobri a ‘Bravo’. Uma revista cor-de-rosa choque! E é do melhor que há. Confesso até que eu comprei os primeiros números desta revista. Sim… eu sou tão velha quanto o lançamento desta preciosidade. Se procurar bem ainda devo ter por cá o nº1.

E o que é que encontramos por aqui?

É tanto que nem sei por onde começar…

Basta darem um saltinho ao site para verem do que falo.

O meu destaque vai para a rubrica ‘As tuas histórias’

Onde as leitoras enviam descrições dos seus dramas pessoais. E eu bem posso dizer que até já escrevi coisas quiçá piores! Lol

No ‘top 10’ exposto, seleccionei esta obra prima:

“A azarada no amor

Então é assim, eu estava apaixonada pelo Mauro quer dizer so tinha um fraquinho, e eu disse a minha melhor amiga que gostava do melhor amigo do Mauro, o André, mas o André tinha namorada por isso ela teve de o esquecer e imaginem por quem é que ela se apaixonou a seguir?? Sim, pelo Mauro. Quando eu soube eu nem queria acreditar, mas eu disse-lhe que eu ja não gostava dele para ela poder avançar, mas ela sabia muito bem que estava apaixonada por ele. Mas como ele não gostava dela ela desistiu dele... Epa que raiva!

O pior é que cada vez que eu me apaixono ha sempre uma parede a separar-me do rapaz .. =S

 

Ass: A Aquariana azarada”

Digam lá se não é um máximo???

E escusam de rir e gozar…todos tivemos os nossos dramas.

Embora uns mais do que outros.

Fonte: http://www.bravopt.com/index.php

_______________________________________

Bárbara Ferreira

elasequesabem às 19:46
elas sentem-se: adolescentes

25
Jan 09

Se há coisas que me irritam são pessoas a lamentar-se que estão com gripe, quando não passa de uma constipação.

Para tirar dúvidas a todos os nossos leitores aqui está um quadro explicativo:

Gripe vs Constipação

Sintomas

Constipação

Gripe

Febre Raramente Elevada; durante 3-4 dias
Dor de cabeça Raramente Forte
Dor no corpo Ligeira Frequentemente; por vezes intensa
Fadiga, fraqueza Ligeira Pode durar 2-3 semanas
Exaustão Nunca Intensa e surge no início da doença
Nariz entupido Frequentemente Por vezes
Espirros Frequentemente Por vezes
Garganta inflamada Frequentemente Por vezes
Tosse, sensação de "peso" no peito Ligeira a moderada; tosse seca Frequente; pode tornar-se grave
Complicações Congestão dos seios nasais ou dor de ouvidos Bronquite, pneumonia; eventualmente fatal
Prevenção Nenhuma Vacinação anual - medicamentos antivíricos (consulte o médico)
Tratamento Alívio temporário dos sintomas

Medicamentos antivíricos (consulte o médico)

http://www.roche.pt/sites-tematicos/gripe/index.cfm/gripe/gripe-e-constipacao/

 

 

__________________________________________________

Bárbara Ferreira

elasequesabem às 16:57
elas sentem-se: constipada

22
Jan 09

 

Há dias em que vemos tudo e não reparamos em nada.

Dias em que queremos escrever mas as palavras simplesmente não saem.

Dias em que apetece dizer tudo e não falar nada.

Um misto de felicidade e tristeza...

O sentimento de que se tem tudo contrariado por um vazio imenso.

Quando achamos que sabemos tudo, julgamo-nos capazes de vender certezas...

E de repente...afinal não éramos senhores da verdade. Não sabemos nada de nada.

...

E depois voltamos a construir castelos no ar.

Damos, de novo, fundamento às nossas acções de acordo com aquilo que supostamente sabemos e acreditamos, até que venha um temporal e volte a pôr tudo por terra. E desaparecem essas tão grandes certezas sem as quais julgamos não poder viver...

 

E afinal, o que é que interessa no meio disto tudo?

As pessoas que nos acompanham neste processo de levantar, cair e voltar a erguer.

Aqueles que ficam firmes e sobrevivem às nossas pequenas tempestades.

Aqueles que nos ajudam na nossa "metaforse" e sobrevivem dentro de nós...time after time.

 

Como tu uma vez me disseste "Na tua vida tudo pode mudar, todos podem virar-se contra ti, aconteça o que acontecer, não tenhas medo, eu vou estar sempre aqui".

Acho que cada vez mais percebo o sentido das tuas palavras..tão simples e tão cheias de significado.

 

Para ti, tu que vês em mim aquilo que mais ninguém vê...obrigada por tudo!

 

Halo - Beyoncé 

 

 

  

P.S: Esta será uma das minhas músicas "oficiais" do dia dos Namorados :) liiiiiiiiiiiinda...

 

________________________________________________

 

Tânia

 

elasequesabem às 22:57
elas sentem-se:
elas ouvem: Halo - Beyoncé

As expectativas dos empresários é que determinam as suas escolhas do volume de produção e do emprego.

 

Logo, bastam más expectativas para arruinar a economia.

 

Calculo que este último ponto seja já um dado adquirido do conhecimento geral do motor económico.

 

Ora, os media não falam de outra coisa: crise, crise e mais crise.

 

Na minha opinião, como é a de muitas pessoas com quem interajo, este alarmismo exagerado é que vai/está mesmo a provocar uma crise.

 

O medo que se cria, muda as expectativas dos empresários que tem cada vez mais medo em investir, e reduzem produção e os salários, porque os próprios consumidores tem medo de comprar e ficar sem recursos para amanhã.

 

 

Se calhar, se os media falassem antes em estabilidade económica, a coisa talvez melhorasse e muito.

 

Corrijam-me se estiver errada…

 

São apenas sugestões de quem anda a marrar economia e acredita na comunicação como forma de existência na sociedade.

__________________________________________

Bárbara Ferreira


 


 

elasequesabem às 17:33
elas sentem-se:

21
Jan 09

"Um estudo da universidade britânica de Newcastle, publicado pelo British Journal of Psychology revela que a fome pode mudar o gosto dos homens quando escolhem as mulheres que consideram mais atraentes. E quando têm fome preferem as «gordinhas».

 A pesquisa foi realizada com a ajuda de 61 universitários e concluiu que estes quando estavam de estômago vazio achavam as mulheres gordinhas mais interessantes do que quando já tinham comido. Além disso, quando tinham fome, prestavam menos atenção às curvas femininas.

 «O estado cognitivo, os desejos e os interesses dependem da fisiologia, do nível de açúcar no sangue e dos níveis hormonais e todos estes factores dependem da fome», explica Martin Tovée, da Universidade de Newcastle.

Foi pedido aos estudantes que olhassem para um conjunto de 50 fotografias de mulheres com pesos variados. Todas fotografadas da mesma forma e vestindo um fato de ginástica justo cinzento. Os homens com fome deram melhores notas às mulheres gordinhas que os que já tinham comido.

 Martin Tovée explica que os resultados desta pesquisa podem estar ligados à sobrevivência da espécie.

Aliás, em algumas sociedades, onde a comida é escassa, as mulheres mais cheias são mais respeitadas e valorizadas. Porque num local onde não há alimentos, uma mulher mais gorda é uma aposta mais segura para a continuação da espécie.

Os médicos querem agora descobrir como a fome afecta o «desejo» feminino."

 

Fonte: http://diario.iol.pt/noticia.html?id=712686&div_id=4071

 

 

Quando ouvi a notícia na rádio achei imensa piada...

"Ele há cada uma!" - pensei eu.

 

Afinal, sempre há esperança para as gordinhas! E falo por mim que também sou uma delas.

No entanto não tive que recorrer a nenhuma táctica em especial para atraír o meu namorado porque na altura eu era bem mais magra, embora sempre com as curvinhas todas.

 Vendo bem as coisas, acho que as mulheres podem jogar com este estudo a favor delas.

Por exemplo: Um bom primeiro encontro, de modo a que ele vos achem "apetecíveis", pode ser uma refeição, um almoço ou um jantar. E depois quando lhe passar a fome? Vão passar de apetecíveis a gordas?

 

A resposta é não! Combinem num restaurante onde saibam que a comida é má! Assim ele continuará com fome e vocês vão emagrecendo porque também comem pouco. (Se fosse assim tão fácil... )

 Eu acho uma excelente ideia (ou não fosse minha)! Continuando com este método, ao fim de algum tempo vocês estão mais magras e depois já podem ter encontros normais! (Aviso: Isto é mesmo uma parvoíce!)

 

Experimentem lá....vá lá! É só para eu saber se tenho futuro no campo da experimentação científica!!

 

Se não der certo, aconselho-vos a emigrarem para um qualquer país africano e, vão ver que lá, todos os homens vos vão querer! Eles é que são espertos!

Eu estou mesmo na brincadeira! Não me levem a mal nem me levem a sério! Eu acho que temos que brincar um pouco com estas coisas para não sofrermos tanto...fala a voz da experiência!

Agora,  aqui para nós que ninguém nos "ouve", os homens gostam de ter onde amarrar...e não é só quando estão com fome! Preferem mil vezes uma mulher com uns kilitos a mais do que uma esquelética que não tem nem mamas, nem anca, nem "rabo", nem nada!

 

Não sei como há maluqinhas que fazem de tudo para ficar "no osso". Eu sou a favor das dietas e do exercício físico para nos mantermos saudáveis. Eu própria estou a fazer e está a correr-me muito bem ! (Depois dou a minha dieta para quem quiser).

Nada de extremismos! Já tive bem perto da anorexia e da bulimia e digo-vos que a vista do alto do precipício não é nada agradável.

Não pensem que tive uma infância e uma adolescência sofrida. Nada disso!

Sempre fui muito feliz, sempre tive muitos amigos e rapazitos atrás de mim.

Às vezes as pessoas pensam que o drama dos gordinhos é a escola. Pelo contrário, sempre sofri mais com os comentários de pessoas adultas na rua, do que na escola.

Para mim emagrecer sempre foi uma luta, já tomei montes de porcarias, já experimentei montes de dietas, já emagreci muito e voltei a engordar. Há uma altura em que temos de nos convencer que não há milagres. Muitas vezes tudo passa por comer melhor e mexer-se mais.

Desde que entrei para a Universidade, comecei a encarar as coisas de maneira diferente. Perdi muitos dos meus complexos (apesar de ter engordado muito). E porquê? Porque encontrei verdadeiros amigos que me apoiam.

E quando se tem amigos que nos puxam as orelhas para ir ao ginásio e "controlam" o que tu comes, é tudo muito mais fácil. Obrigada Bárbara! És uma verdadeira amiga!!!

 

Ah! Há uma coisa muito importante, magras ou gordas o que importa é não ser desleixadas!! E eu nunca o fui! Atenção ao cabelo, à pele, uma maquilhagem, uma bijuteria...tudo faz a diferença...um corpo bonito é importante mas uma carinha laroca vale muito! (Olhem para as nossas no cabeçalho do blog).

 'Cause we are beautiful, no matter what they say!

P.S.: Acho que devia escrever uma tese sobre isto...hummm...

 

______________________________________

 

Tânia

elasequesabem às 10:29
elas sentem-se: queridas...
elas ouvem: Lighthouse Family - High

Há coisas que uma pessoa vê constantemente mas nunca deixa de se admirar!

 

Na segunda-feira ao fim da tarde, antes de voltar para casa, decidi fazer umas comprinhas rápidas no supermercado (para variar).

 

Quando já estava a dirigir-me para uma caixa, reparo num casal que estava a entrar.

 

Estão a imaginar aquele tipo de casais que são tão feiinhos que até dá curiosidade de ver como são os filhos?

Bem, era um desses, e pela apresentação, apesar de ainda relativamente novos, deviam ser pessoas de uma classe baixa, pois a mulher vinha toda despachada na frente, puxando o cesto, com o ar de quem acabou de fazer limpezas (despenteada, com umas calças de malha horríveis, com uma sweat super larga e uns chinelos "valha-nos Deus!"). Já o marido seguia atrás e, pelos vistos, veio directamente da obra para o supermercado.

 

Lá vinham eles em direcção ao corredor central e eu também. No meio do corredor, estava um rapaz com os seus 20 e muitos, parado, à espera de alguém.

A tal fulana começou a "medi-lo" ,uns bons metros antes de chegar perto dele, sem qualquer complexo pelo marido estar atrás.

Após ter passado pelo jovem, virou o cabeça para trás, torceu-se toda, para apreciar o rapaz de frente (até porque ainda só tinha-lhe visto as costas).

Fez aquele olhar "de cima a baixo". O pior é que o rapaz reparou, pois ela foi totalmente descarada.

 

E o marido dela mesmo atrás!!! Muito sereno na sua vidinha...

 

Quando eu vi a mulherzinha virar-se para olhar melhor, não me contive, tive que me rir...e muito.

(Um senhor de idade que caminhava na minha direcção deve ter achado que me estava a rir para ele, ou pior, dele).

 

(Agora pensando bem...se calhar o marido dela não reparou bem no que ela fez porque estava a olhar para mim! Que eu visse só olhou para a minha cara!)

 

Enfim...no meu entender, esta cena está "errada" de muitas maneiras, mas gostava que fossem vocês a dizer-me o que é condenável neste caso.

 

Vou dar opções e depois vocês votam segundo o vosso entender:

 

A) A mulher apreciar o rapaz apesar de ser casada

B) A mulher apreciar o rapaz com o marido junto dela

C) A mulher ter-se virado para ver melhor (já tinha olhado que chegasse)

D) A mulher podia ter olhado melhor mas devia ter sido mais discreta

E) O marido não ter reagido

F) Terem ido ao supermercado naquela triste figura

 

Se encontrarem mais opções que sejam válidas, acrescentem mais alíneas!

 

____________________________________________

 

Tânia

 

elasequesabem às 09:54
elas sentem-se:

20
Jan 09

Se forem ao google, escolherem imagens, e escrevem beleza, o que é que aparece?

 

A primeira imagem e a maioria delas são imagens de mulheres.

 

 

 

 

Alguém tem alguma coisa contra a dizer?

 

Sinonimo de beleza é mulher!

 

Basta verem a imagem de apresentação deste blog.

 

 

já agora...uma musica a combinar...

o que às vezes precisavamos de ouvir...

 

 

 

elasequesabem às 23:53
elas sentem-se: convencidas
elas ouvem: Christina Aguilera - Beautiful

"Milhares de pessoas concentram-se desde as primeiras horas do dia no National Mall, em Washington, para assistir, ainda que à distância, à cerimónia de tomada de posse de Barack Obama... Fotografia: Jason Reed/Reuters."

publico.pt

Hoje é capa da maioria dos jornais, é notícia de destaque de todos os telejornais, é assunto do dia em toda a comunicação social.

 

Trata-se da tomada de posse de Barack Obama,

 

A sua entrada na Casa Branca marca o início de uma nova era, acreditam os norte-americanos, e no fundo, acreditamos todos nós.

 

Daqui para a frente, vamos ver se este homem merece todo o mediatismo que está a ter, toda a devoção americana e mundial.

 

Ou não é este o primeiro negro a tomar posse do país mais poderoso do mundo.

 

 

 

elasequesabem às 15:36
elas sentem-se: com expectativas

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
16
17

23
24

26
27
31


subscrever feeds
Frase do dia
"A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova." Léon Tolstoi
mais sobre Elas
pesquisar
 
visitas d'elas por dia
Horse Racing Tips
Horse Racing Tips
visitas d'elas por click
Logo - Company Logos By LogoGuru.co.uk
Logo
blogs SAPO